1. O que é o Canal Direto?

É uma ferramenta de comunicação que atua de forma transparente, independente e imparcial para tratar questões que impliquem no descumprimento do Código de Ética e Conduta da Fundação, atos lesivos a instituição e descumprimento de legislação e normas internas. Como forma de ampliar o comprometimento com a transparência e a ética, essa ferramenta disponibilizada pela Fundação é totalmente independente. Sua implementação e administração será realizada pela Contato Seguro, empresa isenta que conta com ambiente seguro e sigiloso, hospedado fora do Sistema (ou ambiente) da Fundação. O Canal Direto, que se encontra disponível para qualquer usuário e para os públicos externo e interno, é o meio pelo qual é possível enviar denúncias de condutas antiéticas ou incoerentes que descumpram as normas da instituição.

2. Quais situações podem ser relatadas ao Canal Direto?

Denúncias sobre atos ilícitos de fraude, corrupção, suborno, assédio, furto, etc. e outras práticas em desacordo com os princípios de ética estabelecidos que estejam em desconformidade com o Código de Ética e Conduta. Sempre que possível o usuário deve informar o máximo de detalhes como: o que aconteceu, como, quem, quando, quanto custou, onde foi e porque você acha que aconteceu. Destacar também: o fato aconteceu com você? Você testemunhou o fato? Você ouviu falar? Alguém falou com você? Importante incluir na denúncia evidências que possam ser analisadas e, se possível, anexar arquivos para complementar as informações inserindo também os nomes de testemunhas que presenciaram o fato.

3. O que é considerado uma denúncia para a Fundação?

Denúncia é a comunicação de prática de irregularidade ou ato ilícito relacionado à conduta dos colaboradores, fornecedores, de qualquer cargo ou função. As denúncias são categorizadas conforme abaixo:
- Adulteração das informações de pagamentos enviadas aos bancos para benefício próprio ou de terceiros
- Agressão física
- Assédio moral
- Assédio sexual
- Conduta/Postura Profissional Inadequada
- Conduta/Postura Médica Inadequada
- Conflito de interesses
- Corrupção
- Danos à imagem
- Danos ambientais
- Descumprimento de leis de trânsito
- Desperdício de recursos
- Destruição ou danos ao patrimônio da empresa
- Desvio de recursos da tesouraria, caixa ou outros
- Direitos Humanos
- Discriminação ou preconceito racial, sexual, religioso, por idade ou devido a deficiências envolvendo público interno
- Estupro
- Favorecimento de fornecedores, prestadores de serviço, terceiros e clientes
- Importunação Sexual
- Manipulações contábeis nas demonstrações financeiras da Instituição
- Manipulações nos relatórios de gestão
- Omissão ou adulteração de informações disponibilizadas para a Auditoria Externa
- Pedido ou pagamento de suborno/propina
- Porte de armas
- Recebimento de brindes, presentes ou favores em desacordo com as regras estabelecidas
- Relacionamento afetivo/familiar com superior hierárquico
- Relações com governo e participação política
- Roubo ou furto de estoques, insumos ou patrimônio
- Sabotagem
- Sonegação de impostos
- Superfaturamento
- Trabalho em carga horária superior à permitida por lei
- Trabalho paralelo
- Uso de álcool e/ou drogas
- Uso indevido de gastos em viagem
- Uso indevido do cartão corporativo
- Uso indevido, falsificação ou adulteração de documentos e registros da Instituição
- Utilização dos bens da empresa para fins particulares (veículos, estoque, equipamentos, instalações, etc.)
- Vazamento ou uso indevido de informações da empresa
- Violação de leis ambientais
- Violação de leis trabalhistas
- Outros

4. O que é uma denúncia de boa fé?

A denúncia é considerada de boa fé quando o denunciante tem a intenção de colaborar com a instituição no intuito de fazer o que é certo, de não compactuar com desvios de conduta e violações do código de ética e conduta, bem como corrigir atos ilícitos de que presenciou ou teve ciência. Isto é, o denunciante não tem a intenção simples e pura de querer prejudicar um colega de trabalho.

5. Uma denúncia poderá ser desqualificada?

Sim. Caso a denúncia não tenha informações suficientes para análise e apuração, esta será desqualificada. Caso seja um caso de polícia, esta será encaminhada para os órgãos competentes.

6. Quem pode utilizar a ferramenta?

O canal Direto pode ser utilizado pelos colaboradores, clientes, fornecedores, agente público, comunidade, imprensa e outros setores da sociedade civil organizada com a qual a Fundação possui algum tipo de relacionamento.

7. Como o meu anonimato será garantido?

O denunciante tem a opção de se identificar ou não quando realiza a denúncia.

A partir do momento do recebimento da denúncia via 0800 ou via site, o denunciante receberá um número de protocolo com o qual a Fundação poderá se comunicar com ele anonimamente para obter maiores informações e, pelo qual, poderá acompanhar o andamento da apuração da denúncia realizada.

8. Quem será responsável pelo gerenciamento das denúncias?

Uma equipe especializada da Contato Seguro receberá as ligações ou as mensagens via este website, fará uma primeira análise e direcionarão os relatos para os responsáveis elegidos pela Fundação que farão a apuração. O responsável deverá analisar, investigar e tomar providências quando necessário.

9. Em quais meios os usuários poderão efetuar denúncias?

As denúncias podem ser registradas através do site www.contatoseguro.com.br/fsfx ou pelo telefone 0800 800 8707.

10. Quem atende o telefone e ouve as denúncias?

As denúncias são recebidas pela equipe de profissionais da Contato Seguro. A equipe é altamente qualificada e treinada para o recebimento de seus relatos, não tendo nenhum vínculo com a Fundação e são totalmente isentos com relação ao conteúdo que será denunciado. Você não corre nenhum risco de ter sua voz ou situação identificada, revelada ou até mesmo vazada por ninguém. O seu IP é totalmente protegido e, em hipótese alguma, a Contato Seguro ou a Fundação poderá descobrir quem fez qualquer relato anônimo pelo sistema da Contato Seguro.

11. Para denúncias feitas pela intranet, em que o colaborador tem sua própria chave de acesso, como garantir o sigilo da identidade?

O Canal Direto é uma ferramenta independente e será acessada através do link da Contato Seguro, que é uma empresa isenta e que conta com um ambiente tecnológico seguro e sigiloso, hospedado em um servidor fora da Fundação, que não permite a rastreabilidade do IP da sua máquina ou a sua chave de rede.

12. Como é feita a apuração da denúncia?

A fim de manter o sigilo da sua denúncia, a Fundação restringiu a apuração em alguns poucos colaboradores que assinam um termo de confidencialidade e envidarão esforços para esclarecer os fatos com base nas informações e evidências apresentadas.

Uma equipe especializada da Contato Seguro receberá as ligações ou as mensagens via este site, fará uma primeira análise e direcionarão os relatos para os responsáveis elegidos pela Fundação que farão a apuração. O responsável deverá analisar, investigar e tomar providências quando necessário.

Nenhum usuário será identificado e todos que acessarem este canal receberão um número de protocolo, com o qual poderão voltar a acessar o canal e saber como está a denúncia que relatou.

13. É possível acompanhar o andamento da apuração da denúncia?

Sim. Ao fazer uma denúncia pelo telefone ou pelo site você receberá um número de protocolo que poderá ser utilizado para acompanhar seu andamento. Basta acessar o site www.contatoseguro.com.br/pt/fsfx e escolher a opção: “Acompanhe sua Denúncia”, Digite o número do protocolo e escolha a opção: “Consultar Resposta”.

14. Qual o status da minha denúncia?

Quando você verifica o andamento da sua denúncia através o número do protocolo, o status é classificado como:

"Em apuração", quando a denúncia ainda estiver em análise,
"Concluída", já com o retorno , ou
“Desqualificada", quando a conclusão aponta para uma informação que não condiz com a verdade ou que não atende ao propósito do Canal Direto.
 
Eventualmente, o comitê eleito pela Fundação, responsável pela apuração, poderá solicitar mais informações por meio de mensagens que poderão ser acessadas somente com este protocolo e a sua contribuição será de extrema importância. Fique atento ao andamento de seu protocolo.  

15. Quanto tempo leva para que uma denúncia seja apurada?

Cada denúncia tem uma exigência e um esforço de apuração particular e será tratada individualmente

16. O que é Gerência de Compliance?

Compliance é o setor responsável pelo Programa de Integridade na Fundação cujo principal pilar é o Código de Ética e Conduta.

17. Há alguma punição ou retaliação para quem fizer uma denúncia?

Não. O objetivo do Canal Direto é facilitar a identificação de irregularidades que estejam em desacordo com o Código de Ética e Conduta da Fundação ou com a legislação em vigor. Ressaltamos que o denunciante não é obrigado a se identificar.

18. Dependendo da gravidade da denúncia a identidade do denunciante pode ser revelada?

A identidade do denunciante é mantida em sigilo durante o processo de apuração.

19. Caso a minha manifestação não seja uma denúncia como proceder?

Se a sua manifestação for uma reclamação, sugestão, dúvida, solicitação de informação ou elogio clique no link Fale Conosco da Fundação. https://fsfx.com.br/contato/fale-conosco/