Por que precisamos do “Canal de Ética”?

O Canal de Ética da Unipar tem por objetivo estimular o contato direto dos colaboradores, fornecedores, clientes ou qualquer interessado com a empresa e permitir que ele se sinta seguro em contribuir para um ambiente de trabalho melhor.

Ainda, alguém mal-intencionado pode colocar em risco outros colegas e até mesmo própria a companhia. Por conta disso, o Canal de Ética da Unipar é o meio pelo qual você pode efetuar relatos de casos de qualquer natureza em que acredita estarem indo contra as leis ou ao próprio Código de Ética da Unipar. Dessa forma, o relato imediato de qualquer situação pode ajudar a evitar ou limitar danos à Unipar e à sua reputação.

Alguém saberá que eu estou reportando uma situação? Como sei onde está armazenado meu relato? Existe possibilidade de vazamentos das informações?

O anonimato é garantido tanto pela internet quanto pelo telefone, já que não há registro dos IPs dos computadores dos usuários ou rastreamento das ligações.

No caso de relatar uma situação pela internet, caso não se sinta confortável para fazer em seu local de trabalho, muitas pessoas optam por utilizar um computador público (biblioteca, cyber cafés, etc.).

No caso de efetuar relatos via 0800/telefone, não existe rastreamento das ligações, tampouco gravações dos usuários que optam por se comunicar diretamente com o canal.

O Canal de Ética da Unipar foi planejado para proteger e garantir o anonimato independentemente de as situações relatadas serem confirmadas ou não.

A empresa terceirizada, Contato Seguro, tem o compromisso contratual com a Unipar de não buscar a identidade do denunciante. Para reforçar ainda mais o anonimato, sugerimos que no momento em que relatar uma situação, tome o cuidado necessário de não revelar detalhes que permitam conhecer sua identidade.

Qualquer relato será armazenado nos servidores da Contato Seguro, garantindo a conservação e cuidados das informações. A Unipar, seguindo as boas práticas, terceirizou o gerenciamento do Canal para garantir o anonimato + sigilo + cuidado das informações.

Se eu me identificar, isso ajudará?

Uma investigação geralmente é mais rápida e eficiente quando a questão pode ser tratada diretamente com a pessoa que efetuou o relato. Caso você tenha se identificado, o acesso ao seu nome será restrito aos gestores do Canal de Ética da Unipar, que poderão entrar em contato com você a fim de obter maiores detalhes da situação relatada para que seja feita uma análise com maior precisão dos fatos.

A Unipar apoia esse tipo de iniciativa e não tolera nenhuma forma de retaliação por denúncias feitas de boa-fé.

Já efetuei um relato, tanto seja pela internet ou telefone. Como continua o processo? Para onde vai o relato que eu fiz? Quais pessoas terão acesso ao meu relato? O que devo fazer?

Os relatos ou qualquer outra questão é armazenada nos servidores da Contato Seguro. Uma equipe especializada da Contato Seguro receberá as ligações ou as mensagens, fará uma primeira análise e direcionará os relatos para a Unipar, que será responsável por tomar providências quando necessário.

As questões levantadas são disponibilizadas pela Contato Seguro somente para pessoas específicas da Unipar, responsáveis pela avaliação dessas denúncias.

A pessoa da Unipar responsável pela análise do relato tem a possibilidade de enviar ao denunciante alguma pergunta e sugestões para solicitar maiores informações que ajudem no processo investigativo interno.

Todos os relatos e sugestões receberão um número de protocolo, por meio do qual o usuário pode, posterior e anonimamente, complementar o seu registro, encaminhar arquivos de provas ou acompanhar os seus desdobramentos. Esse número de protocolo também possibilita que a organização e o usuário mantenham um diálogo virtual e anônimo, mediante perguntas e respostas.

Caso escolha a opção de efetuar um relato pelo site, preencha os campos da forma mais completa e detalhada possível. Caso não saiba ou não deseja preencher algum desses campos, deixe-o em branco. Mas, lembre-se: quanto mais detalhado for o seu relato, maiores serão as chances de que o fato seja identificado e solucionado.

E se eu lembrar de algo importante sobre o relato depois de registrar a questão?

Quando você efetua um relato pela Internet ou por telefone, recebe um número de protocolo exclusivo. Com o número de protocolo, você pode voltar ao site ou ligar no telefone, e acessar no relato original. Nesse momento, você pode fornecer informações complementares.

E se eu perder o número de protocolo?

Para manter o nível mais alto de sigilo, você terá que registrar a questão novamente caso perca o número de protocolo. É necessário mencionar que a nova denúncia está relacionada àquela feita anteriormente.

Caso eu saiba ou veja uma infração, tenha uma dúvida, uma suspeita, não devo simplesmente informar ao meu líder/coordenador/gerente/diretor?

A Unipar incentiva que qualquer colaborador consiga fazer perguntas ou levantar questões para qualquer pessoa ou equipe da liderança. O melhor cenário é que você apresente suas perguntas para:

• Seu líder ou outro em quem você confie;
• Departamento de Recursos Humanos;
• Departamento Jurídico;
• Departamento de Compliance;
• Canal de Ética da Unipar.

Caso você não se sinta à vontade para questionar a liderança, você pode acionar o Canal de Ética da Unipar tanto de forma anônima, quanto se identificando.

Por que devo relatar o que eu sei?

A Unipar fomenta o diálogo aberto com os colaboradores. Nunca devemos tentar ocultar o não cumprimento do Código de Ética da Unipar, suas políticas, procedimentos ou das leis. Sua ação em reportar alguma situação que você até tenha uma suspeita de não cumprimento ou de má conduta pode ajudar a evitar ou limitar danos à Unipar e à sua reputação. O Canal de Ética da Unipar foi justamente criado para receber e tratar seu relato.

Preciso ter evidências para relatar uma situação?

Não é necessária. Porém, ao anexá-las junto com o relato, isto facilitará a investigação e as ações a serem tomadas pela companhia (lembrando que o Canal de Ética da Unipar permite que você anexe qualquer tipo de arquivo, foto, vídeo, áudio, etc., inclusive se fizer o relato pelo telefone, com o auxílio do atendente).

Após a Contato Seguro receber um relato, o caso é encaminhado para a Unipar a fim de que possa buscar todas as informações necessárias para a análise do caso.